Teste BikeUP! // Já estou pedalando o novo microSHIFT AdventX 10v 11-48

0
457

Já estou com o último lançamento da microSHIFT instalado na bike e usando: o AdventX 10v 11-48.

Vou resumir tudo em uma palavra, caso você não queira ler todo esta publicação: Espetacular!

Repito: ES-PE-TA-CU-LAR!!!

A microSHIFT seguiu a base do Advent 9v 11-42 e melhorou um pouco o que já era ótimo. Como entrou uma marcha a mais, todo o conjunto se tornou mais “junto”, o que aumentou a precisão e conforto das trocas.

Lembro que na Eurobike de 2019, quando tive em mãos o último protótipo do AdventX, passei uma vergonha na frente do dono da fábrica. Eu comentei com minha chefa: “Nem parece microSHIFT de tanta diferença que tem para os outros produtos”, e um gringo que faz parte da equipe técnica da fábrica disse: “I agree.” (Eu concordo)

Bicho, o cara entendeu o que eu disse, e ainda bem que concordou comigo! Pusta que vergonha!! 😛

A linha AdventX é oferecida em duas versões: Low Spec e High Spec. Na Low Spec, para ser uma opção mais econômica, o trocador de marchas não possui um acabamento em silicone na alavanca maior, o núcleo do cassete é em aço, e os cages do câmbio também são em aço.

Na opção High Spec, há o acabamento em silicone no botão do trocador, o núcleo do cassete é em alumínio, assim como os cages do câmbio.

Mas, ao que interessa…

// Novo Thumb-Thumb Trigger

O novo trocador de marchas, carinhosamente batizado de Thumb-Thumb Trigger (gatilho dedão-dedão), abandonou o sistema de empurrar com dedão e baixar marcha com o indicador. Agora é tudo no dedão.

A ergonomia e formato das alavancas são ótimos e de fácil acesso. Confortável e leve para subir marcha, rápido e seco para baixar. Mas com um “tác” bem mais suave do que SRAM, e bem menos duro de acionar do que Shimano.

O modelo que está montado nesta Heiland Carbon P1 é o kit denominado Low Spec, que é o mais econômico da linha Advent X.

Na imagem acima é possível verificar a distância entre as alavancas.

A troca de cabo de aço é fácil e simples. Como todos os outros da linha microSHIFT. A abraçadeira é do tipo inteiriça e o parafuso sextavado 4mm é na cor preta.

// Cassete 10v 11-48

O modelo testado tem o seu corpo todo em aço, com um núcleo que conecta os maiores cog e outro os médios. Mas tudo é fixo e apenas os 3 últimos cogs são soltos, além do anel-trava do cassete.

A relação do cassete é: 11-13-15-18-21-24-28-34-40-48

Na minha opinião, multíssimo acertado para um cassete 10v com high-range.

Comparando o cassete AdventX com um SRAM NX, ficaria assim:

Antes que você fale “Ainnnn, mas 48 não é tão leve igual 50 ou 51″…

No NX e coroa 34 a razão é: 34 / 50 = 0,68
No AdventX, também com coroa 34, é: 34 / 48 = 0,71
Em cassete com maior vog 51, seria 0,04

Essa diferença de 0,03 ou 0,04 é…… NADA!!!!

Você nem sentirá isso nas pernas. Só começaria fazer alguma diferença se fosse algo em torno de 0,15 ou 0,18. Nem se você for o péba mais péga da tchuuurma, essa diferença ainda seria… NADA!!! 😀

Obs: Não encontrei o peso do cassete Low Spec para postar aqui, pesarei o da bike e atualizarei esta publicação.

// O câmbio AdventX 10v

Quando tive em mãos o último protótipo do câmbio AdventX durante a Eurobike 2019, vi que o tréco estava mesmo ficando sério para valer.

Um câmbio com um novo design de articulações e cages, principalmente cages.

O sistema Plus que executa a estabilização da corrente é o mesmo do Advent 9v, o qual recebeu algumas mínimas atualizações da primeira versão, encontrada na linha XCD. Mas nada que seja relevante. O sitema é bem bacana e dispensa manutenção constante, ajustes, limpezas e relubrificações.

A capacidade total do câmbio é 41T, tanto para o Low Spec quanto o High Spec.

A única diferença entre os dois está nos cages. No Low Spec é em aço, e no High Spec é em alumínio, para alívio de peso.

Nas especificações de fábrica, o câmbio Advent X trabalha em perfomance máxima com cassetes 10v 11-46 e 11-48. Em cassete 11-42 o câmbio precisa ser ajustando em um avanço de parafuso B que acaba por atrapalhar demais a indexação das marchas.

Tenho usado o Advent 9v, tanto em montagem 1x quanto 2x, fazendo experiênicas e sentindo as peculiaridades de cada montagem.

Percebi que essa nova plataforma da microSHIFT realmente coloca a empresa e a marca em um novo nível técnico e de funcionamento que bate de frente com produtos da Shimano.

E, não levando tão em consideração os pesos leves da linha SRAM Eagle mais high-end, posso afirmar: O AdventX ATROPELA o SRAM NX e GX em funcionamento.

Nem colocarei o SRAM SX na comparação, pois é um câmbio praticamente todo em plástico, frágil, não mantem regulagem e etc. Desculpe SRAM, mas o SX é um lixo.

Ainda não usei kits 10, 11 ou 12v da Shimano. Então não poderei comentar sobre diferenças no funcionamento.

Obrigado por estar com a BikeUP! :-*

Fabio S.