Shimano lança novo SLX M7100 agora com 12 velocidades

0
1391

Simultaneamente, no mundo todo, os novos grupos Shimano XT M8100 e SLX M7100, ambos agora com 12 velocidades, são lançados e você poderá ver todos os detalhes aqui no BikeUP!

Caso ainda não tenha lido sobre o novo XT M8100, clique no link abaixo:

Shimano lança novo grupo XT M8100 com 12 velocidades

Agora vamos ao novo SLX!

// O novo grupo SLX M7100 12v

Assim como o novo XT M8100 é uma simplificação do XTR M9100, o novo SLX M7100 é o XT M8100 com mais simplificações. Entendeu? Se não, volte e releia! 😀

Você notará este tom meio esverdeado em todos os componentes do novo SLX M7100. Pode ser que goste, pode ser que odeie. Tenho a impressão que o Tiagra 4700 também é assim. Olha, eu ainda não acostumei. :-/

// Novo câmbio SLX M7100 12v

Há dois modelos: um para montagens 1x com o cassete 10-51 e outro para pedivelas duplos e cassete 10-45. Isso mesmo, a Shimano ainda mantém pedivelas duplos e câmbio dianteiro. Segundo estudos de mercado realizado pela Shimano, 1/3 dos ciclistas ainda preferem pedivelas duplos. Esta é a razão para a marca nipônica ainda não ter abandonado o 2x.

// Pedivela SLX FC-M7100

O novo pedivela Shimano SLX FC-M7100 deverá dividir opiniões por causa da cor. Há um pigmento que o faz brilhar de uma forma estranha, um pouco esverdeado, talvez. É estranho, algo para se olhar bastante para se acostumar.

Sobre as coroas, há 5 tamanhos: 28, 30, 32, 34 e 36 dentes, e são montadas com conexão Direct Mount. O detalhe é que a Shimano criou seu próprio padrão, em vez de utilizar um dos padrões já existentes e de patente aberta.

Os tamanhos dos braços são 4 no total: 165mm, 170mm, 175mm e 180mm.

// Pedivela SLX FC-M7120

Na opção para montagem 2x, há somente uma combinação de coroas: 36×26. De resto, toda a estrutura de construção e comprimentos de pedivelas seguem os padrões da versão 1x.

// Cassete CS-M7100-12

O novo modelo CS-M7100-12 chega apresentando uma evolução do HyperGlide: O HyperGlide+ (plus). É uma melhoria nas rampas de acesso e diferentes angulações existentes nos dentes dos cogs, para que a corrente suba e desça com mais precisão e menos vibração.

No XT, os dois maiores cogs são em alumínio, e o restante em aço. No SLX, apenas o maior cog é em alumínio.

A combinação 10-51 é a mesma do XTR e XT: 10-12-14-16-18-21-24-28-33-39-45-51
Já o modelo 10-45 segue a sequência: 10-12-14-16-18-21-24-28-32-36-40-45

// Corrente CN-M7100

Poucos ajustes na nova corrente. Apenas acertos nos pequenos rebaixos em cada um dos links. Agora as correntes Shimano virão com Quick-Link. O principal detalhe é: a marca aconselha a fechar e abrir apenas uma vez. Feito um fechamento e teve que abrir, melhor colocar um Quick Link novo.

// Trocadores SL-M7100-R e SL-M7100-L

Assim como no XT, um redesign foi feito nos novos trocadores de marchas SLX 12v. No SLX, não há o detalhe emborrachado na alavanca de acionamento, mas a própria resina possui uma textura que pode ser sentida ao acionar a alavanca.

O trocador esquerdo SL-M7100-L, ou do câmbio dianteiro, também mudou para apenas uma alavanca.

// Câmbio dianteiro FD-M7100

Com opções de montagem M, D e E, este único câmbio dianteiro trabalha no chainline 48.8mm e 51.8mm. A única opção de puxada de cabo é SideSwing, pois segundo a Shimano, é a melhor solução e uma tendência crescente.

// Cubos FH-M8110

Os novos cubos foram redesenhados para comportar o novo padrão de freehub, chamado MicroSpline. Diferente como no grupo XT, não há opções para raios J-Bend e Straight Pull, apenas J-Bend.Não há opção de blocagem, apenas eixo passante (e-thru), nas medidas 142mm, Boost 148mm e SuperBoost 157mm.

As opções de furação são: 28 e 32 furos.

// Freios BL-M7100

Os novos freios receberam o reposicionamento da abraçadeira como no XTR e XT. Segundo a Shimano, isso resulta em uma melhora do equilíbrio do freio e resulta em 10% mais rigidez no corpo do componente, além de uma frenagem mais precisa e segura.

O novo Padrão I-SPEC EV, é uma melhoria no sistema que possibilita fixar o trocador de marchas e o manete de freio integrando os dois. No I-SPEC EV, existe um ângulo de 45º para ajuste pessoal do conjunto manete/trocador.

Já nas pinças, existem duas opções: 2 pistões por pinças, ou 4 pistões por pinças.

// Preço

A estimativa é que um kit Shimano SLX M7100 custe em torno de R$3.999,00 para consumidor final. O kit inclui: Cassete 10-51, câmbio traseiro, trocador de marchas, corrente, par de cubos e pedivela com coroa 32 dentes. Os freios ou rotores não entram neste valor sugerido.