Shimano lança novo XT M8100 12v

0
1102

Ontem, na sede da Blue Cycle em São Paulo, tive a honra de ser convidado para participar da primeira entrega de informações sobre dois lançamentos mundiais da Shimano: o XT M8100 e o SLX M7100, ambos agora com 12 velocidades.

A Shimano montou um esquema de logística colossal para realizar os lançamentos dos novos grupos em escala mundial. Foi a primeira vez que o Brasil entrou para esta lista de países participantes dessa estratégia de lançar produtos ao mesmo tempo no mundo todo.

Mas, vamos ao que interessa!

// O novo grupo XT M8100 12v

Para simplificar tudo, pense desta forma: pegaram o XTR M9100 12v e deixaram ele um pouquinho mais simples. É basicamente isso que você perceberá no novo XT M8100 de 12v.

Mas tudo é óbvio. Está tudo já desenvolvido no XTR M9100, basta utilizar materiais mais simples e você terá o mesmo grupo com um custo menor, mas com as mesmas funcionalidades.

// Novo câmbio XT M8100 12v

Há dois modelos: um para montagens 1x com o cassete 10-51 e outro para pedivelas duplos e cassete 10-45. Isso mesmo, a Shimano ainda mantém pedivelas duplos e câmbio dianteiro. Segundo estudos de mercado realizado pela Shimano, 1/3 dos ciclistas ainda preferem pedivelas duplos. Esta é a razão para a marca nipônica ainda não ter abandonado o 2x.

Acima, o RD-M8100-SGS, câmbio para montagem 1x e cassete 10-51. Peso: 284g.

O sistema de embreagem segue sem alterações, e as roldanas são de 13 dentes.

E este é o RD-M8120-SGS, para montagens 2x. Reparem a diferença de posicionamento da polia superior. É neste ponto que está todo o segredo para funcionar bem com 1 ou 2 coroas, além dos cogs gigantescos. Peso: 290g.

// Pedivela XT FC-M8100

O novo pedivela Shimano XT FC-M8100 esta ainda mais elegante e moderno. Realmente é muito bonito de se ver.

Neste lançamento ele é disponibilizado em três versões:

Sobre as coroas, há 5 tamanhos: 28, 30, 32, 34 e 36 dentes, e são montadas com conexão Direct Mount. O detalhe é que a Shimano criou seu próprio padrão (óbvio que fariam isso), em vez de utilizar um dos padrões já existentes e de patente aberta.

Os tamanhos dos braços são 4 no total: 165mm, 170mm, 175mm e 180mm.

// Pedivela XT FC-M8120

Na opção para montagem 2x, há somente uma combinação de coroas: 36×26. De resto, toda a estrutura de construção e comprimentos de pedivelas seguem os padrões da versão 1x.

Existem 2 opções do FC-M8120:

// Cassete CS-M8100-12

Depois do novo câmbio, é o novo cassete que chama muita atenção. O novo modelo CS-M8100-12 chega apresentando uma evolução do HyperGlide: O HyperGlide+ (plus). É uma melhoria nas rampas de acesso e diferentes angulações existentes nos dentes dos cogs, para que a corrente suba e desça com mais precisão e menos vibração.

A combinação 10-51 é a mesma do XTR: 10-12-14-16-18-21-24-28-33-39-45-51
Já o modelo 10-45 segue a sequência: 10-12-14-16-18-21-24-28-32-36-40-45

// Corrente CN-M8100

Poucos ajustes na nova corrente. Apenas acertos nos pequenos rebaixos em cada um dos links. Agora as correntes Shimano virão com Quick-Link. O principal detalhe é: a marca aconselha a fechar e abrir apenas uma vez. Feito um fechamento e teve que abrir, melhor colocar um Quick Link novo.

// Trocadores SL-M8100-R e SL-M8100-L

Um redesign foi feito nos novos trocadores de marchas XT 12v e ficaram muito legais. O maior detalhe é a alavanca de acionamento com um textura em borracha. Sacada simples mas que faz uma baita diferença quando tocada.

A Shimano informa que o acionamento deste novo trocador está 35% mais leve do que a versão anterior, e 20% mais rápido também.

O legal é que para o trocador esquerdo SL-M8100-L, ou do câmbio dianteiro, ele agora possui uma única alavanca. Achei muito bacana esse detalhe!

// Câmbio dianteiro FD-M8100

Com opções de montagem M, D e E, este único câmbio dianteiro trabalha no chainline 48.8mm e 51.8mm. A única opção de puxada de cabo é SideSwing, pois segundo a Shimano, é a melhor solução e uma tendência crescente.

// Cubos FH-M8110

Os novos cubos foram redesenhados para comportar o novo padrão de freehub, chamado MicroSpline. No grupo XT, há opções para raios J-Bend e Straight Pull. Não há opção de blocagem, apenas eixo passante (e-thru), nas medidas 142mm, Boost 148mm e SuperBoost 157mm.

As opções de furação são: 28 e 32 furos.

// Freios BL-M8100

Os novos freios receberam o reposicionamento da abraçadeira como no XTR. Segundo a Shimano, isso resulta em uma melhora do equilíbrio do freio e resulta em 10% mais rigidez no corpo do componente, além de uma frenagem mais precisa e segura.

O novo Padrão I-SPEC EV, é uma melhoria no sistema que possibilita fixar o trocador de marchas e o manete de freio integrando os dois. No I-SPEC EV, existe um ângulo de 45º para ajuste pessoal do conjunto manete/trocador.

Já nas pinças, existem duas opções: 2 pistões por pinças, ou 4 pistões por pinças.

// Rotores RT-MT800

Os rotores são da conhecida família IceTech, com opções 140mm, 160mm, 180mm e 203mm. Por enquanto, só CenterLock.

// Preço

A estimativa é que um kit Shimano XT M8100 custe em torno de R$5.999,00 para consumidor final. O kit inclui: Cassete 10-51, câmbio traseiro, trocador de marchas, corrente, par de cubos e pedivela com coroa 32 dentes. Os freios ou rotores não entram neste valor sugerido.