Viciado em MTB? 10 sinais que indicam que você é um!

0
1537
viciado-em-mtb

O MTB é maravilhoso e não tem como se apaixonar por ele. Mas paixão é uma coisa e vício é outra. Ou será que as duas coisas caminham juntas? Confira aqui se você é um viciado em MTB!

1 // Suas pernas estão sempre cheias de machucados.

De tanto raspar em pedras, tomar chicotada de galhos, arranhões de arbustos e etc, seus machucados e arranhões nunca saram. Na verdade, quando estão sarando já vem outro por cima e pah!. Mesmo assim, você acha lindo e adora exibir todas as cicatrizes e contar a história de cada uma delas.

2 // Sua bicicleta custa o mesmo que seu carro. Muitas vezes, mais!

carro-bicicleta-prioridadeSim, você sente a necessidade de uma bicicleta de 35 ou 45 mil reais. Mas o seu carro? Ahhh, um popular de 23 mil serve! Isso porquê a função de um carro é de apenas transportá-lo até o começo da trilha, quando não é possível ir pedalando, certo?

3 // Você tem um par de pneus para cada tipo de terreno ou condição climática.

pneu-para-bicicletaA cada trilha mais longa no fim de semana ou mudança climática se torna um desafio de logística entre você e a sua coleção de pneus. Do que vamos hoje? Um composto mais duro, ou um mais macio?

Talvez Fique melhor um padrão e medida na frente e outra diferente atrás. E não esqueça que depois que você decidir, talvez tenha também que mudar as ferramentas de emerência que levará para qualquer eventualidade.

4 // Você não conhece seus amigos pelo nome, mas pela bicicleta que tem.

– Você lembra do Afonso?
– Afonso? Acho que não conheço.
– Claro que você conhece! Ele está pedalando em nosso grupo há quase 3 anos!
– Afonso… Afonso… Não estou lembrando mesmo.
– O cara da Focus azul e branca, com rodas amarelas.
– Ahhhh sim! Pô! O cara é muito gente boa! Claro que lembro!

5 // Você consegue descobrir quem esteve pedalando em uma certa trilha só pelas marcas de pneus.

Como no item #4, Você conhece mais a bicicleta do seu amigo do que ele próprio. Então, no momento em que você ver uma marca de pneu na trilha e já conseguir imaginar quem passou por ali, você provavelmente estará precisando de terapia urgentemente!

6 // Você sempre encontrará uma boa desculpa para comprar mais um componente para sua bicicleta.

Você acaba de chegar de uma trilha e coloca suas roupas sujas na máquina de lavar. Ela começa a trabalhar e você percebe um barulho estranho vindo dela, e pensa: “bom, não é nada de mais, está perfeita e funcionará por muito tempo.”
Mas é só sair um novo tipo de câmbio ou de rodas para bicicletas e você percebe que, ou compra e troca na sua bicicleta imediatamente ou a sua próxima trilha estará seriamente comprometida!

7 // Você passa tanto tempo na sua bikeshop favorita que até os funcionários começam a pensar que você também trabalha lá.

Você conversa tanto com outras pessoas dentro da sua bikeshop favorita que até os clientes tem chamam para pedir ajuda e pedir informações. E você, logicamente, enche o peito e explica para que serve cada parafuso ou articulação de um câmbio. Então você percebe que também deveria começar a ser pago para estar lá todos os dias.

8 // Seu bronzeado começa nos pulsos e vai até o começo do ombro.

bronzeamento-ciclistaSeu pescoço também é assim, e dos joelhos para baixo também. O resto do seu corpo já tem a mesma cor daquelas criaturas que vivem nas profundezas dos mares e que nunca viram um filetinho de luz na vida. Na verdade, você é quase transparente!

9 // Você tem uma caixa de peças antigas e danificadas, mas se recusa a dar fim nelas.

Há aquele garfo com rosca, ou aquela coroa que tem um BCD que há décadas não é mais utilizado. Ou também um câmbio de 6 velocidades, e um movimento central com uma medida francesa que na verdade você nem sabe em que quadro serviria. Mas, ainda acredita que um dia pode servir para alguma coisa. Vai saber, né?

10 // Para você, um novo padrão de componentes ou uma nova tecnologia é sempre algo suspeito.

girvin-flexstemQuer dizer que esse lançamento é mais moderno, mais leve e mais barato? E é algo inovador e o futuro?

Então você foi lá e comprou uma mesa Girvin Flexstem para sua bike, pois isso seria o futuro, e não as suspensões, pois eram apenas uma moda passageira. Sobre esse vexame, você nunca se esqueceu.