S-Ride M700 // Grupo chinês 13v 11-52T de baixo custo (será?)

0
129

Quando estive na feira de Taipei (Taiwan) em 2017, pude conhecer e experimentar um pouco do S-Ride 11v 11-50T. Veja a matéria no link abaixo:

Taipei Cycle Show 2017 // S-RIDE 12v oferece concorrência ao SRAM Eagle?

Caso você não queira dar uma olhada na publicação acima neste momento, faço um pequeno resumo: muito ruim e pobre.

Novamente na feira de Taipei 2019 que aconteceu dias atrás, a S-Ride mostrou uma nova versão do seu kit 1x que agora conta com 13v e cassete 11-52T.

// Cassete S-Ride 11v 11-52T

Para ficar mais barato (lógico!) o cassete segue o tradicional padrão Shimano 11v de freehub. E a peça é composta por um primeiro bloco em alumínio contendo as 5 primeiras marchas mais leves. Depois um segundo bloco com 3 cogs em aço montados em um spider em alumínio. Por fim, os próximo cogs são em aço e montados de forma avulsa. Por fim, o tradicional anel-trava.

A relação é 11-13-15-17-19-21-24-28-32-40-46-52. Equilibrada, na minha opinião. E o peso é de 408g.

// Câmbio S-Ride M700

Percebe-se que pequena semelhança dos cages do S-Ride M700 com o cage do SRAM Eagle. Bom, até o Shimano XTR 12v copiou de leve o cage do concorrente, então…

Percebe-se também partes que aparentam ser em alumínio forjado, outras em Cast Alloy (fundição do alumínio em formas). No geral, e na minha opinião, o produto continua terrível de feio. Tenho a impressão que pelo menos melhoraram o parafuso que segura o cage no eixo de rotação, pois antes era galvanizado. O peso do câmbio traseiro é de 287g.

O trocador não cheira nem fede. É apenas um trocador simples e funciona como todos os outros que conhecemos. Peso de 124g.

// O preço não é nem perto de ser chinês

Em um XTR 12v com cassete 10-51, paga-se em torno de U$770,00 no kit básico de 3 peças (câmbio, cassete, trocador). No SRAM Eagle NX, que é o kit mais barato da marca americana, paga-se em torno de U$250,00.

Agora, a trozóba chinesa, segundo a própria fábrica, custará em torno de U$780,00!!!

Isso mesmo!!!

SETECENTOS E OITENTA DÓLARES! 10 DÓLARES MAIS CARO QUE SHIMANO XTR!!!

// Fofocas off-line

Lembro de alguns amigos que tentaram instalaram este kit S-Ride (no Brasil é o X-Time) em suas bikes, e comentaram que era impossível de usá-lo. Tentaram de tudo, ajustar de várias formas, e não dava certo.

Repararam que o câmbio não possui nenhum tipo de sistema de estabilização de corrente, certo? Pois então… Ano passado, na Bike Brasil 2018, quando eu estava olhando meio de longe o kit S-Ride 11v no mostruário, um vendedor da empresa importadora disse à um lojista/visitante: “Shimano e SRAM precisam de estabilizador de corrente. Mas nosso câmbio é tão bom que nem estabilizador precisa”.

Nesta hora decidi ir embora do evento.