Pedalar segurando na suspensão rende mais e vale a pena?

Já postei aqui uma matéria onde o bike fitter Fernando Dechichi analisou os ângulos que o piloto permanece quando pedala segurando na suspensão.

Se você ainda não leu, então leia: Pedalar apoiando na suspensão diminui sua performance e segurança.

Agora, os engenheiros de aerodinâmica da Specialized analisaram o ganho de perfomance de 3 posições, além da normal, e calcularam qual é o ganho em cada uma.

Simularam uma pedalada de 167Km com vento contra, e a primeira posição que utilizaram como referencial foi a normal. Depois, segurando normalmente no guidão, porém com o corpo baixado. Na sequência, segurando na suspensão. Para finalizar, segurando com as duas mãos no guidão próximo da mesa, e com o corpo baixado.

// O resultado?

Imagine que você pedale por 167Km, em velocidade constante e com vento na cara o tempo todo, sempre na posição normal. Ok. Imaginou? A partir desta posição, veja:

1 – Segurando no guidão mas com o corpo abaixado: você chegará 17 minutos mais rápido.

2 – Segurando na suspensão: você chegará 21 minutos mais rápido.

3 – Segurando no guidão, próximo à mesa e abaixado: você chegará 23 minutos mais rápido.

// Conclusão

Lembre-se: o teste simulou uma pedalada de 167Km com vento contra o tempo todo e velocidade constante. Onde é que você conseguiria fazer isso?

Bom, ainda penso ser “perda de tempo”. O risco é grande demais para praticamente nada. Não se tem uma boa firmeza no controle da bicicleta, não se pedala em uma posição correta, não é possível gerar mais potência na pedalada, etc. E imagine que você esqueceu de travar a suspa, não percebe uma lombada e a suspensão dá aquela mordida nos dedos. Afff…

A melhor, mais segura e mais rápida posição, é manter-se abaixado e segurando no guidão, próximo à mesa. Simples, eficiente, elegante.

Bom. Mas tem aquela massagem no ego de ser diferente na hora de passar na frente daquela gatinha, certo? Só torcer para que ela não entenda nadíca de bike e te ache um bocó por pedalar dessa forma. 😉

Fabio Santos
Graduado em Comunicação Social & Marketing, mecânico de bicicletas, curioso, perfeccionista e muito chato. Desenvolvedor de produtos para o mercado de bicicletas, amante das bicicletas e toda a mecânica e tecnologia que envolve essas maravilhosas máquinas. Fundador da Revista BikeUP e do Gravel.one.